Eu Destruí Aquela Vida – Victor Gomes

Padrão

Esse não foi um livro que eu encontrei, acho que fui encontrado por ele. O Jovem autor, Victor Gomes, é um amigo meu e este é seu primeiro romance, lançado ano passado pela Editora Zap Book. Adquiri meu exemplar no evento de lançamento que aconteceu em novembro, sei que tou meio atrasado em postar isso, mas finalmente resolvi quietar e escrever um pouco sobre o livro.

Roberto Linhares, um professor da Universidade de Brasília especializado em ética, mantém um caso fora de seu casamento, com uma aluna. É essa atitude tão contraditória que desperta a atenção de um caótico e entediado deus que resolve brincar com a vida de Roberto e por suas crenças à prova. É num acidente de carro que acontece num momento de extrema delicadeza que a vida e a mente do protagonista são tiradas do lugar, especialmente após a aparição de Marcelo, um mendigo enviado até Roberto pelo misterioso deus que se interessara por sua vida e que o questiona se ele quer saber toda a verdade sobre o que esta acontecendo mas que é tratado com gigante desdém pelo professor universitário.

Com 192 páginas, essa é a capa da edição lançada pela Zap Books em 2014.

É o ególatra deus que resolveu enlouquecer o cético professor universitário quem da voz a narrativa. Intercalando a história de como ele arruinou a vida de Roberto com questionamentos filosóficos ou religiosos, o autor Victor Gomes, estudante de Filosofia, aborda diversos aspectos filosóficos nessas interessantes discussões que o leitor passa a ter com o deus que comenta sobre autores ou deuses e tenta demonstrar, ou não, o porque de estar fazendo tudo aquilo com Roberto. Uma narrativa rápida e direta, que acredito que mantêm o ritmo certo para os momentos do livro, seja um pouco mais lenta nos momentos de duvida, de tristeza, de confusão do personagem principal ou rápido e explosivo nos momentos em que o mesmo perde totalmente o controle.

É sobre perder o controle que se trata uma das mais interessantes cenas do livro. [SPOILERS] Roberto invade o colégio de sua filha e ameaça sua professora e colegas de classe, criando assim uma situação de terror geral. [/SPOILERS]. E foi com grande habilidade que o autor soube trabalhar esse que é um dos momentos de maior tensão em sua obra. Fazendo comparações com o triste ocorrido de Abril de 2011 que ficou conhecido como “O massacre do Realengo”, intercalando os diálogos desesperados dos participantes da cena e descrições das atitudes e rostos das crianças que presenciavam tudo aquilo, foi que se criou um ambiente exato de tensão e medo, também refletido em quem esta vendo tudo aquilo de fora, nós leitores que somos apenas uma plateia pros atos do entediado deus que esta causando tudo isso.

Por fim é importante observar o jogo criado pelo autor ao usar como alavanca dos acontecimentos o poder que os deuses teriam sobre os seres humanos. O leitor pode as vezes estranhar determinados acontecimentos mas logo trazer de volta à mente a ideia de que existe um deus manipulando os acontecimentos. Mas alguns desses acontecimentos não são descritos pelo autor como atitudes desse deus que esta nos contando como destruiu a mente do Cético professor universitário, cabendo ao leitor decidir se houve ou não intromissão de um ser superior ou se o que ocorre não é só fruto da crescente loucura de Roberto Linhares.

Um livro que fiquei muito feliz de ter lido e gostado e que recomendo a leitura a todos aqueles que gostam de ler, se interessam por filosofia ou moram em Brasília, pois algo que não posso deixar de falar a respeito é a questão da ambientação. Pela primeira vez lendo uma obra que se passa em Brasília, minha cidade, é interessante observar os pontos conhecidos das cidades que são citados durante o livro.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s